sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Porta Giratória



Parece que as mais de mil ações contra bancos por constrangimento aos seus clientes, estão levando os bancos a desmontarem as necessárias portas giratórias.

A medida, sem dúvida deve reduzir o número de ações, mas penso também na insegurança de quem trabalha diariamente exposto ao risco dentro das agências.

Há que se encontrar rapidamente então uma medida menos constrangedora, mas que pelo menos dificulte a ação dos meliantes de plantão.

Por enquanto deixo a sugestão aos bancos de doarem as suas milhares de precisas e seguras portas giratórias ao estado, de forma que as mesmas possam ser instaladas nas delegacias e presídios.

Quem sabe, se assim, se dificulta aos presos o acesso a armas, celulares e congêneres.

2 comentários:

Mylla Galvão disse...

Já pensou um monte de parentes de presos, entalados nas portas giratórias dos presídios?
Talvez assim o Estado abriria melhor os olhos para enxergar o óbvio!

bjos

Marcos Rittner disse...

A idéia de colocar nos presídios é genial! Combina isso com um incentivo fiscal aos bancos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails