quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Você gosta de correr Riscos?

 


Você gosta de correr Riscos?

Já parou para pensar seriamente sobre os riscos que enfrenta diariamente ?

Até que ponto você leva sua atenção para esses aspectos?

Se todo dia estamos sujeitos a eventos aleatórios e imprevistos, como podemos ignorar os riscos envolvidos.
 

O “Risco” é a probabilidade de um evento, que pode ser bom ou ruim, acontecer.

Por exemplo: se você atravessa a rua fora do semáforo, corre o risco de ser atropelado; se joga na megasena, corre o riso de ficar milionário.

Se cuida bem da sua alimentação e pratica algum esporte, corre o risco de viver mais; se ao contrário negligencia sua saúde, pode ficar doente.


Riscos podem sempre ser bons ou ruins.

A vida é composta dessa infinidade de fatores e variáveis cuja combinação trás riscos diversos:  vida, morte,  sucesso e insucesso entre tantos outros.

Nas relações empresas-clientes,  empresas-fornecedores, empresas-meio-ambiente, empresas-empresas, também não é diferente: temos pessoas, processos, mão-de-obra, produtos, rotinas e muitas variáveis. E claro, se esses elementos sempre se entrelaçam, suas combinações trazem  riscos.
 

- Mas e daí ?  Se a maioria dos eventos é aleatório e não podemos controlar, que diferença faz saber da existência desses riscos?

Faz toda a diferença!
Assim como você pode aumentar o seu risco (probabilidade) de ganhar na megasena, jogando mais números, sabendo como quantificar e avaliar corretamente os principais fatores de risco da sua organização corre, poderá também evitar dissabores ou alavancar novos negócios se souber avaliar bem seus riscos.

Risco é probabilidade e probabilidade é uma ciência. Pense sobre isso.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

As Chaves de Enoch




O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch® é um texto parafísico ou um "livro-código" que foi escrito em 1973 pelo Dr J.J Hurtack.

É um texto que descreve a experiência da consciência superior e explica como a raça humana está associada a uma estrutura evolutiva mais avançada da inteligência universal.

A ligação é feita através de 64 áreas da ciência futura, a base de um estudo contínuo que faz parte de um programa de 30 anos de desenvolvimento humano, cobrindo um amplo espectro de confirmações científicas independentes.

A visão geral descreve como o Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch® nos prepara para uma mudança de paradigma que afetará todos os aspectos das dimensões sociais, psicológicas e espirituais da vida.


Maiores detalhes sobre a obra poderão ser encontrados aqui:


Quem se interessar pelo assunto e seus desdobramentos na chamada medicina astronômica, poderá ler um bom artigo que trata desse tema em:


...

" 4. Pois o corpo humano é um microcosmo ou um pequeno campo de espaço-tempo dentro de um campo maior. Se pudermos manter esta visão, podemos reconhecer que a acupuntura é uma das primeiras demonstrações empíricas do escalonamento biológico dentro do universo.

5. Se formos abordar a acupuntura do ponto de vista da biofísica e entender também os campos de força superiores que atravessam o sistema humano como um pequeno universo sem limites, então podemos entender como este organismo pensante conhecido como ser humano pode se conectar com outros organismos pensantes dentro do universo local.

6. Em essência, o Homem é um subsistema biológico flutuante que existe entre campos Magnéticos. Os campos Magnéticos modelam as linhas embriológicas de crescimento e correspondem às malhas magnéticas delineadas dentro do corpo. "

...

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Gestores de TI vão para o céu


Satélites, luas, planetas, asteróídes, cometas e galáxias, todos fazem parte do universo. Quanto mais estudamos, maiores são dúvidas.

Mesmo assim é preciso estudar, pesquisar e conhecer, é isso que nos move. 

A propaganda diz: "não são as respostas e sim as perguntas que movem o mundo".

Nas empresas na área de TI (Tecnologia da Informação), também é assim, quanto mais a tecnologia evolui menos o gestor esta apto a tomar decisões seguras e inquestionáveis, há sempre infinitas alternativas e possibilidades.

Navegar nesse mar, requer conhecimento e discernimento, é preciso entender das operações da empresa, de sistemas principais e secundários, hardware, das estruturas, arquiteturas, topologias e configurações. 

É preciso saber de rede, de internet, de protocolos, de vírus e infecções, é preciso combater invasores e hackers, é preciso construir firewalls e portais. É preciso avaliar riscos e criar estratégias.

É fundamental saber também relacionar-se com o cliente, saber quem ele é e o que ele precisa.

O profissional de TI tem que ser generalista e especialista ao mesmo tempo, tem de lidar com os usuários e suas limitações, tem de ensinar, tem de aprender, tem que liderar.

Lidar com os usuários, seus chefes e com os chefes de seus chefes.


Mas mais que tudo, o profissional de TI tem que ter bom humor.

Deixo então aqui, minha modesta homenagem a esses profissionais que mesmo com todas as adversidades, conseguem manter a garra e o sentido de servir.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails